Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

Brasil e o Mundo

Cristalina

Curiosidades

Ciência e Tecnologia

Rádiocol - www.radios.redecol.com.br

Ouça as melhores rádios do Brasil ao vivo.

Redecol Brasil, sempre ao seu lado!

Seu site de notícias está de cara nova, trazendo sempre as melhores informações.

<

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

A rádio Mil FM 102.9 está de volta em Goiânia

A Clube FM deixou o dial de Goiânia e a Mil entrou em seu lugar
A dança das emissoras continua em Goiânia, agora foi a vez da antiga Mil FM retornar ao dial da capital goiana, substituído a Clube FM, emissora franqueada à Clube FM de Brasília, porém, com seu próprio corpo de profissionais locais.

Na última semana a Clube FM 102.9 divulgou uma nota agradecendo os ouvintes, empresários e patrocinadores goianienses pela parceria, mas, que a emissora deixaria o mercado goiano. Os fiéis ouvintes que acompanhavam a Mil FM desde sua inauguração em 1995 ficaram felizes, e após mais de dois anos ausente a emissora está novamente veiculando sua programação pelos 102.9 MHz.

Vários locutores que fizeram parte da grade de programação da Mil FM estão de volta, além disso, a emissora mantém a mesma plástica, tocando muita música sertaneja mesclada com sucessos do presente e do passado.



sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Instituto Médico Legal de Luziânia será ampliado para tentar melhorar atendimento

IML de Luziânia/GO. Foto: Rede Anhanguera.
A Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP) conclui, nos próximos dias, a revisão orçamentária do projeto de ampliação e reforma do Instituto Médico Legal (IML) de Luziânia, para dar início ao processo licitatório e contratação da obra. A reforma e a ampliação da unidade, que é a segunda maior do estado em atendimento, envolverá recursos da ordem de R$ 5,1 milhões. Desse montante, R$ 3,3 milhões são oriundos de emenda parlamentar. A contrapartida do governo do Estado será de R$ 1,8 milhão.

O Instituto Médico Legal de Luziânia é o de maior movimento depois do IML de Goiânia, tendo registrado 1.450 ocorrências externas em 2016, enquanto a capital registrou 2.856. Quanto ao atendimento a crimes contra a vida, ao longo do ano passado, a unidade registrou 668 ocorrências, 157 a mais que o IML de Goiânia. A unidade de Luziânia é a única que oferece exames laboratoriais de balística fora da capital. Atende, ainda, os municípios de Valparaíso, Cidade Ocidental, Novo Gama, Cristalina, Águas Lindas, Mimoso de Goiás, Padre Bernardo e Santo Antônio do Descoberto, além do distrito de Domiciano Ribeiro. Tem como coordenador regional o perito criminal Pedro Telles.

Reforma e ampliação
De acordo com a superintendente de Polícia Técnico-Científica da SSPAP, Rejane Barcelos, durante a execução das obras de reforma e ampliação do IML de Luziânia, as atividades relativas à medicina legal vão ser transferidas para outras instalações, permanecendo no local apenas as atividades de criminalística e de administração. As obras deverão durar de 12 a 18 meses, segundo cálculos da Gerência de Arquitetura, Engenharia e Serviços Gerais da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária, que realiza a revisão orçamentária.

Técnicos da Gerência informam que os projetos e orçamentos serão encaminhados para abertura de processo licitatório, depois de concluída a revisão. Embora o projeto seja de 2015, os recursos para a obra só foram liberados em dezembro do ano passado. Os preços orçados estão sendo atualizados de maneira a viabilizar o projeto original, que foi aprovado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, e pela Vigilância Sanitária. A licença ambiental também já foi revalidada pela Prefeitura de Luziânia.

A unidade possui 1.200 metros quadrados construídos e será ampliada em mais 800 metros quadrados de edificações. A parte existente será toda reformada, ganhará piso e teto novos, e terá todas as instalações trocadas, para se adequar às normas da vigilância sanitária. Na ampliação, o IML de Luziânia ganhará uma sala especial para cadáver em putrefação, uma sala para exames de balística, uma sala para necropsia, uma central de climatização para sala de necropsia, uma câmara fria para 40 cadáveres, uma sala de Raio X para cadáveres em geral e outra de Raio X para cadáveres em putrefação.

A unidade também ganhará uma sala de depósitos de evidências ou provas, um laboratório toxicológico, uma sala para exames de antropologia (ossadas), vestiários, dormitórios, banheiros e acessibilidade em todas as instalações. Na parte externa, os estacionamentos serão ampliados, será construída uma guarita, um lavajato para descontaminação de viaturas, estação de tratamento de esgotos, iluminação do pátio e complementação do muro em torno de toda a área.

Liberação de corpos
A superintendente de Polícia Técnico-Científica, Rejane Barcelos, explicou que o IML de Luziânia possui atualmente apenas 8 câmaras frias. Rotineiramente, a unidade recebe corpos em decomposição para análise e identificação. Às vezes, o processo pode se tornar demorado em função da necropsia especial e dos resultados dos exames realizados.
Segundo informou, a liberação da certidão de óbito é feita para familiares assim que termina a necropsia, e que a exceção se verifica quando existem corpos sem identificação, havendo a necessidade de se realizar métodos científicos que possibilitem essa definição para posterior liberação aos familiares.

Rejane observa que, quando os corpos são liberados e os familiares não se apresentam para os procedimentos, há a necessidade de autorização judicial para a realização do sepultamento, o que pode tornar o processo mais demorado. Conforme destaca, corpos em decomposição são sepultados pela prefeitura, após a concessão da devida autorização.


Com informações da ASCOM/GO para o site Redecol Brasil

sábado, 4 de fevereiro de 2017

A Rádio Rio Vermelho FM de Silvânia Goiás está no ar, a emissora é migrante AM-FM

Rádio Rio Vermelho FM ouça agora
Mais uma emissora migrante AM-FM entrou no ar em caráter experimental. Na última sexta-feira (03/02), os ouvintes da cidade goiana de Silvânia, puderam acompanhar a transmissão da Rádio Rio Vermelho FM 96,7, que operava em 1190 AM. 

Com uma programação líder de audiência na região da Estrada de Ferro, a Rio Vermelho agora operando em FM poderá alcançar novos mercados, como a Região Metropolitana de Goiânia, região de Anápolis, região sul do Distrito Federal (Gama e Santa Maria) e também o Entorno Sul do DF (Cristalina, Luziânia, Cidade Ocidental, Valparaíso de Goiás e Novo Gama).


Operando na frequência de 1190 AM, a Rádio Rio Vermelho entrou oficialmente no ar em 1987, oito anos mais tarde a emissora foi adquirida pela Fundação L´Hermitage, com isso, passou por um grande avanço na melhoria de transmissão, com bom alcance de sinal e uma grade de programação voltada para o entretenimento, prestação de serviço, jornalismo e dando espaço aos mais variados seguimentos da sociedade, logo virou sinônimo de credibilidade junto aos ouvintes e anunciantes locais.
 
Rádio Rio Vermelho com sinal excelente em Brasília
Sintonia da Rádio Rio Vermelho FM de Silvânia/GO com sinal excelente no Distrito Federal.

Agora, em Frequência Modulada a emissora inicia uma nova fase e com certeza não deixará de ser referência de qualidade. Abaixo, segue um vídeo que fizemos aqui na região administrativa do Gama, no Distrito Federal, mostrando a qualidade e a força do sinal da Rádio Rio Vermelho FM 96,7 MHz.


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Figura misteriosa aparece em fotos de noivos

estranha figura aparece em fotos de noivos
Figura estranha no centro da foto, entre o casal. Foto: Divulgação
Vira e mexe alguma fotografia sempre causa espanto na internet, dessa vez, uma figura não identificada aparece atrás dos noivos em uma foto de casamento nos EUA. Segundo Kevin e Christina Denis, não havia ninguém atrás deles na hora que a foto foi feita e que só viram a estranha figura após amigos questionarem de quem era aquele rosto. Os noivos não sabem o que a figura possa ser, fica aí mais um mistério a ser solucionado pelos especialistas.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

O empresário Eike Batista foi transferido para presídio em Bangu no Rio de Janeiro

Eike Batista tem cabeça raspada.
Após duas horas no Presídio Ary Franco, em Água Santa, na zona norte do Rio de Janeiro, o empresário Eike Batista foi transferido por volta das 13h30 para a Penitenciária Bandeira Stampa, conhecida como Bangu 9, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste da cidade. 

Ao deixar o Presído Ary Franco, o empresário estava com a cabeça raspada e usando o uniforme do sistema penitenciário – camiseta banca e calça jeans. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que, após triagem inicial no Presídio Ary Franco, Eike foi transferido para uma unidade prisional que atendia a seu perfil. “Ele ingressou na porta de entrada para presos federais e, após ser avaliado, foi transferido para uma unidade de acordo com o perfil”, diz a nota da Seap. Em Bangu 9, ficam presos sem curso superior, em cela comum, que é o caso do empresário. 

O empresário chegou por volta das 11h20 ao Presídio Ary Franco. Ele foi preso por agentes da Polícia Federal logo após desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão de um voo vindo de Nova York.

O avião que trouxe Eike Batista para o Rio de Janeiro pousou hoje (30/01) às 9h54. Em seguida, o empresário foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) onde fez exame de corpo de delito. Ele embarcou no domingo (29), no Aeroporto John F. Kennedy, em Nova York, em um voo da American Airlines.

Lava Jato
 Eike, proprietário do grupo EBX, é suspeito de lavagem de dinheiro em um esquema de corrupção que também atinge o ex-governador do Rio Sérgio Cabral, que está preso.
Eike e o executivo Flávio Godinho, seu braço direito no grupo EBX e vice-presidente do Flamengo, são acusados de terem pago US$ 16,5 milhões a Cabral em troca de benefícios em obras e negócios do grupo, usando uma conta fora do país. Os três também são suspeitos de terem obstruído as investigações.

Na quinta-feira (26), a Polícia Federal tentou deter o empresário em sua casa, no Rio de Janeiro, mas ele não estava lá. Os advogados informaram que Eike havia viajado a trabalho para Nova York e que voltaria ao Brasil para se entregar. A Polícia Federal o considerou foragido e pediu a inclusão de seu nome na lista de procurados da Interpol, a polícia internacional.

Eike, 60 anos, foi considerado o homem mais rico do Brasil e, em 2012, o sétimo mais rico do mundo pela revista Forbes, com uma fortuna estimada em US$ 30 bilhões. As empresas do grupo EBX atuam na área de mineração, petróleo, gás, logística, energia e indústria naval. Em 2013, os negócios entraram em crise e Eike começou a deixar o controle de suas companhias e vender seu patrimônio.

O nome de Eike Batista apareceu na semana passada no âmbito da Operação Eficiência, um desdobramento da Operação Calicute, fase anterior da Lava Jato no Rio de Janeiro, sobre propinas pagas por grandes empreiteiras a partidos e políticos para obter contratos da Petrobras.

 Fonte: Agência Brasil