Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Vem aí a Rádio Serra dos Cristais FM em Cristalina

|

Migração da rádio Serra dos Cristais AM para FM acontecerá em 2015
De acordo com decreto assinado pela presidente Dilma Rousseff em 2013, as emissoras que operam na faixa AM poderão migrar para o FM, com isso, de acordo com o radialista e ex-prefeito Castro Neto, durante apresentação de seu programa semanal intitulado de “Severino do Norte”, a rádio Serra dos Cristais AM, emissora pioneira em Cristalina, já  prepara a documentação para protocolar junto ao Ministério das Comunicações sua migração para o FM.

Caso essa informação se concretize será o fim do rádio AM em Cristalina, que nos tempos de outrora foi de grande importância na cultura, informação e entretenimento dos ouvintes do município, que se divertiam com a programação e aproveitava aos domingos as atrações promovidas na então rádio Clube Serra dos Cristais.

Início das dificuldades e sopro de esperança
Em 2002, Cristalina ganha sua primeira rádio em frequência modulada (FM), esse fato, aliado a falta de investimentos em equipamentos e atualização tecnológica, fez com que a partir de então, a rádio Serra dos Cristais AM passasse por um processo gradativo e fugaz na perda de audiência e anunciantes, colocando em risco a continuidade da estação. Para evitar o fechamento e demissão de funcionários, os proprietários da emissora decidiram repassá-la à igreja católica, mais especificamente à Diocese de Luziânia.

Segundo informações do Ministério das Comunicações (Outubro 2013), a Rádio Diocesana Serra dos Cristais possui os seguintes sócio/dirigentes: ARILSON DE FIGUEIREDO (Sócio/Diretor); ELDIWALDIR DE FIGUEIREDO (Sócio/Diretor) e WALDENIR DE FIGUEIREDO (Sócio/Diretor). Na prática, o Padre Bernardo Ave é o responsável pela direção-geral da emissora cristalinense.

Com o novo proprietário renascia a esperança de tempos melhores, mas aos poucos a cruel e dura realidade foi se revelando, equipamentos ultrapassados davam problemas continuamente, deixando a emissora vários dias fora do ar, isso sem contar a péssima qualidade do áudio e baixa potência de seu sinal, esses foram talvez os principais fatores que mais contribuíram para espantar a grande maioria dos ouvintes.

A ´”nova” rádio Diocesana Serra dos Cristais AM 1470 KHz, voltou ao ar regularmente e se tornou a primeira rádio de Cristalina a ter um site e áudio disponíveis na internet. Novos programas foram incorporados à grade e foi solicitado junto ao Ministério das Comunicações um aumento de potência e a mudança da emissora para uma nova classe (“B”), passando de local para regional, podendo funcionar durante o dia com potência de até 10 mil watts, suficientes para cobrir um raio de duzentos quilômetros considerando os aspectos topográficos de Cristalina.

No entanto, a emissora “vem patinando” e não consegue voltar aos áureos tempos de grande audiência, esse é um fenômeno que vem ocorrendo com a maioria das pequenas emissoras AM pelo Brasil afora. Mesmo com autorização para funcionar com uma potência mais elevada, seu sinal e sua cobertura não melhoraram, para ilustrar esta situação, recentemente, estava tentando sintonizar no meu carro a Serra dos Cristais, e mesmo estando no centro de Cristalina o sinal da rádio era demasiadamente fraco, mal conseguia ouvir o radialista.

Mudar para sobreviver
Infelizmente, a dura realidade é que as pequenas emissoras que ainda operam em AM no Brasil já não têm mais o que fazer, caso não optem pela migração para o FM estarão fadadas à falência. Os custos de manutenção, compra de equipamentos e o consumo de energia elétrica é bem maior que os observados em FM. Além disso, o AM sofre interferência de diferentes fontes (condições atmosféricas, equipamentos domésticos, torres de celulares, veículos, linha de transmissão de energia, dentre outros), por isso, os celulares não vem habilitados a receber o sinal AM, já pensou na quantidade de ruídos que se ouviria ao tentar sintonizar uma rádio AM pelo celular!

Custos com a migração
Em artigo publicado em dezembro do ano passado, lançamos a seguinte pergunta: Será que compensa migrar uma rádio AM para FM? A resposta é sem dúvida sim! Porque se não migrar agora as rádios que operam em AM terá a opção de continuar operando em amplitude modulada, no entanto, a menos que solicite ao Ministério das Comunicações aumento de potência e mudança de classe para Regional ou Nacional (o que acarretará em custos com a compra de equipamentos), ao fim da outorga a emissora não poderá mais operar, pois novas concessões em AM estão encerradas no Brasil.

Diante do cenário que se apresenta, a melhor saída para dar sobrevida às pequenas emissoras que operam em AM é migrar para frequência modulada. Esse processo envolve custos, como a realização de projetos, compra de equipamentos de transmissão, nova antena e pagamento da diferença da outorga entre o AM/FM. Estima-se que esses custos não serão inferiores a R$ 80 mil.

Segundo especialistas, uma emissora como a Serra dos Cristais AM, que opera na frequência de 1470 KHz e está classificada na categoria “B” (regional), deve arcar com custos entre R$ 226 mil e R$ 391 mil para efetivar sua migração total para o FM.

Rádio Diocesana Serra dos Cristais FM pode pintar em 2015
O decreto presidencial que regulamenta a migração das rádios AM para FM ainda não foi publicado, a previsão é de que nos próximos dias isso ocorra, sendo mais prudente protocolar a migração após essa publicação. Assim, os ouvintes de Cristalina poderão sintonizar a Serra dos Cristalina FM somente em 2015, já que a migração é um processo demorado e que envolve a realização de trabalhos técnicos.

Apesar dos custos envolvidos, acredito que a Serra dos Cristais AM não terá muitas dificuldades para conseguir angariar os recursos necessários á sua migração. Uma vez em FM, a emissora pioneira em Cristalina deverá mudar radicalmente sua plástica, programação e forma de atuar, de modo que consiga sobreviver e competir com as emissoras locais e de outras praças que chegam com boa qualidade de sinal na cidade.

Por sua vez, novas perspectivas se apresentam, a emissora terá pela primeira vez em sua rica história uma excelente qualidade de som, aparelhagem totalmente nova e o mais importante, terá de volta sua audiência e, por conseguinte o mercado publicitário, além disso, sua cobertura será muito maior, em FM, a emissora passará a operar na classe "A4", com potência de 5 mil watts no transmissor, suficientes para cobrir todo o município de Cristalina e cidades vizinhas, incluindo a capital federal.

Em Cristalina atualmente operam duas emissoras em FM, sendo, uma comunitária, que por lei possui grandes restrições em seu funcionamento e outra que funciona em rede, com nenhuma identificação local. Ou seja, as perspectivas em médio prazo são extremamente favoráveis à Serra dos Cristais FM, esse é um momento ímpar e crucial em sua trajetória, mais uma vez a emissora terá a chance de reconquistar o público/mercado que outrora perdera.

Minha sugestão é que a Serra dos Cristais FM seja afiliada de alguma grande rede popular de rádios, como a Nativa, Rede Sucesso ou Band FM. Assim, inicialmente os custos com funcionários e geração de programas serão menores, no entanto, deve haver primordialmente na grade de programação espaço para informações, notícias imparciais, esportes e valorização dos artistas locais. Tomara que tudo der certo e que os planos corroborem para termos em 2015 a Serra dos Cristais FM em Cristalina.

Categorias: Destaque


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.