Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

O jipe robô Curiosity encontra pedra em forma de pirâmide em Marte

|

Jipe robô Curiosity entra pedra em forma de pirâmide em Marte
Pedra em forma de pirâmide encontrada em Marte. Foto: Curiosity/NASA/JPL

O jipe robô Curiosity, que explora o planeta Marte, encontrou uma pedra com formato de pirâmide, o que certamente chamou a atenção dos pesquisadores que trabalham na missão. A imagem foi feita na última quarta-feira (19/09) pela câmera Navcam, localizada no braço mecânico do robô e mostra uma rocha de 25 cm de altura e 40 cm de largura na base, mais ou menos do tamanho de uma bola de futebol americano.

O Curiosity carrega dez instrumentos de análises químicas altamente sofisticados e a pedra em formato de pirâmide (chamada de Jake Matijevc, em homenagem a um dos engenheiros da missão que faleceu recentemente), será o primeiro objeto a ser analisado pelo robô, dentre esses instrumentos destacam uma pá (ou colher) para recolher amostras do solo, uma câmera chamada de “Mars Hand Lens Imagers” – Mahli (com alta capacidade de zoom) e um raio-X chamado de espectrômetro (APXS) que é capaz de identificar a composição química de amostras de rochas.
Leia também:

Desde quando chegou à Marte, no dia 06 de agosto, o robô já se deslocou 289 metros dentro da cratera Gale, em média o Curiosity percorre de 22 a 37 metros por dia marciano, a pedra em forma de pirâmide fica exatamente na metade do caminho entre o local de pouso do robô e a região de Glenelg, onde os cientistas acreditam que há grande possibilidade de ser encontrado sinais da existência de água no passado marciano.

A missão do Curiosity no planeta vermelho está prevista para durar dois anos, após estudar a região de Glenelg, o robô segue rumo ao monte Sharp, distante oito quilômetros do ponto de pouso. Esse percurso deve demorar entre dois e três meses, isso caso o Curiosity consiga se deslocar pelo menos cem metros por dia, o que dependerá do tipo de solo que encontrar pela frente. Nas redondezas do monte Sharp os cientistas esperam encontrar indícios da existência de vida microbiana nos primórdios de Marte.

Categorias: Tecnologia


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.