Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Carros na Bolívia podem custar quase 5 vezes menos que o valor de mercado

|

Evo Morales - Presidente da Bolívia   
Na Bolívia, carros são vendidos em feiras clandestinas a preços quase inacreditáveis, chegando a ser mais de quatros vezes abaixo do valor de mercado. Reportagem da Folha de S.Paulo foi até a cidade boliviana de Puerto Suárez, que fica na fronteira com o Brasil e encontrou diversos pontos de vendas de carros, muitos destes, frutos de roubos e fraude em seguradora aqui no Brasil.

A reportagem da Folha de S.Paulo encontrou carros com preços muito baixos, um exemplo é o Fiat Palio, que no Brasil é vendido a partir de R$ 27 mil, nas feiras bolivianas, R$ 5,6 mil. A Saveiro Cross 1.6 2011, que custa R$ 39 mil, na Bolívia, sai por R$ 13,6 mil. Já o Fiat Uno, ano 2005, que é avaliado em R$ 15 mil, na Bolívia sai por R$ 3,2 mil.

O presidente da Bolívia, Evo Morales, promulgou no dia 10 de junho, uma lei que legaliza no país veículos sem documentação, com isso, as autoridades brasileiras já teme um aumento no número de furtos e roubos de veículos, que são levados para a Bolívia e trocados por armas e drogas. O governo boliviano afirma que a regularização destes veículos são feitas mediante uma série de requisitos, dentre eles, o pagamento de taxas que variam de R$ 3.100 a R$ 4.700.

O governo brasileiro promete reforçar a vigilância na fronteira com a Bolívia, cerca de 500 homens do Exército Brasileiro já está na região, dentre as atribuições, tentar evitar que veículos roubados entrem no Brasil. O fato é que, não basta impedir a entrada desses veículos em nosso país, deve-se evitar que eles sejam levados para o país vizinho, de onde é muito difícil recuperá-los.

Categorias: Atualidades


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.