Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

sábado, 9 de janeiro de 2016

Cristalina é a bola da vez para a bandidagem, cidade cresce e a população vira refém dos criminosos

|

Cristalina cresce e ocorrências policiais crescem no mesmo ritimo
Cristalina pede socorro.
Em 2010, o site Redecol Brasil publicou uma matéria intitulada “Cristalina é a bola da vez” (clique aqui para ler) destacando a chegada de três grandes indústrias alimentícias no município e o consistente desenvolvimento do agronegócio na região, impulsionando a economia local e gerando emprego e renda à população. No ano seguinte, em março de 2011, publicamos outra matéria (clique aqui para ler), onde demonstrávamos preocupação com o aumento dos índices de criminalidade no Entorno Sul do Distrito Federal, e mais especificamente em Cristalina.

Já se passaram quase seis anos desde àquelas duas matérias, e como uma profecia, Cristalina se tornou uma cidade importante no contexto econômico, impulsionada pela força do agronegócio, mas, o seu progresso tem um preço caro que seus moradores estão pagando agora, preço este inflacionado pela omissão do poder público (federal, estadual e até municipal). Leia matéria do Estadão: Alheia à crise, Cristalina cresce e gera empregos.

A riqueza produzida em Cristalina, transforma o município num dos maiores geradores de empregos do Brasil, atraindo não só milhares de trabalhadores de todo o país que buscam melhores condições de vida, mas também, muitos malfeitores, que vem aterrorizando a população local. 
A cidade outrora pacata, hoje se tornou um território de medo e preocupação por parte de seus habitantes, furtos, assaltos, tráfico de drogas e homicídios são cometidos à luz do dia, embaixo do nariz das autoridades que utopicamente continuam entorpecidos pela visão de uma Cristalina fantasiada em suas propagandas de governo, onde a saúde, a infraestrutura urbana, a energia elétrica, as opções de lazer e a educação são exemplos para o Brasil. Acesse o site SR Notícias, gerenciado pelo Silvano da Rádio e veja as principais ocorrências policiais em Cristalina.

É inegável o desenvolvimento de Cristalina, mas, essa ascensão econômica é impulsionada quase que exclusivamente pela iniciativa privada, ao passo que o poder público em todas as esferas de governo, deixa o município em segundo plano. Não sou especialista em segurança pública, mas, em Cristalina a Polícia Militar e a Guarda Municipal, devem mudar suas estratégias de atuação. Em outras cidades, como Brasília, Caldas Novas, Anápolis e Pirenópolis, por exemplo, é comum ver um par de policiais fazendo ronda nas áreas mais movimentadas da cidade, além de viaturas de prontidão em pontos estratégicos.

A situação de Cristalina e das cidades citadas acima, faz-me lembrar da "Teoria das Janelas Quebradas" ( Broken Windows) de James Q. Wilson e George L. Kelling, onde teorizam que, se uma janela de um prédio se quebra e não são consertadas em pouco tempo, a tendência é de que vândalos quebrem mais janelas daquele edifício e caso este esteja desocupado eles irão abitar ali e possivelmente irão acabar depredando cada vez mais. Outra tese dessa teoria diz que, se uma calçada começa a receber uma pequena quantidade de lixo, ao passar do tempo, caso aquele lixo não seja recolhido, mais pessoas passarão a depositar mais lixo naquele local, até ficar uma situação fora de controle.

A solução para evitar o cenário descrito acima, é consertar as janelas em curto espaço de tempo que haverá menos chances de vândalos depredar ainda mais, no caso da calçada, recolher o lixo o mais rapidamente possível, que a tendência é de que menos lixo se acumule ali.

Da mesma forma acontece com a segurança pública de Cristalina, em que as autoridades estão sendo omissas e deixando o crime e o vandalismo crescer desordenadamente, se nada for feito agora, se tornará uma situação incontrolável. Como reza a Teoria das Janelas Quebradas, é preciso que o poder público aja enquanto o problema ainda é relativamente pequeno e recente.

Quando uma cidade é bem policiada, (obviamente que a polícia não pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo), com rondas ostensivas e continuadas em todos os bairros ou naqueles locais mais problemáticos, o meliante pensará duas vezes antes de cometer um crime. O que acontece em Cristalina é surreal, uma cidade com mais de 53 mil habitantes, onde o cidadão de bem virou refém dos bandidos e o policiamento preventivo é praticamente inexistente. Ficam várias viaturas da polícia militar estacionadas num posto policial na Praça Otto Monh, enquanto deveriam estar em pontos estratégicos da cidade. O caso da Guarda Municipal é ainda mais grave, as viaturas só são vistas nas imediações da Prefeitura Municipal, que parece ser a região mais segura da cidade. É preciso colocar esse contingente policial nas ruas (PM e GCM), e quem sabe, solicitar apoio da Força Nacional e da Polícia do Exército para que ao menos fiquem visíveis à população e principalmente à bandidagem.

As autoridades de Cristalina têm que buscar junto ao governo de Goiás, apoio no sentido de melhorar a infraestrutura da segurança pública do município, é uma vergonha e um tapa na cara dos cristalinenses não termos aqui um delegado de polícia sete dias por semana, os presos são levados à Luziânia para serem apresentados ao delegado de lá! Cristalina precisa ser mais respeitada, afinal, o município é um dos que mais geram impostos ao estado. É preciso aumentar o contingente policial, construir mais postos policiais nos bairros, aumentar as rondas ostensivas, colocar a polícia na rua diariamente, ou seja, mostrar aos bandidos que o Estado está presente e pronto para agir em caso de crime.


Como diz a Teoria das Janelas Quebradas, "Reparar as janelas quebradas em pouco tempo e ver-se-á que os vândalos terão menos probabilidade de estragar mais. Limpar os passeios e a tendência será de o lixo não acumular.", com isso, o índice de criminalidade, vandalismo e sujeira será cada vez menor. Por outro lado, quando o Estado se omite, quem paga muitas vezes com a própria vida é a população cristalinense.

Categorias: Cristalina, Destaque


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.