Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

sexta-feira, 25 de março de 2011

Violência aumenta em Cristalina, Luziânia, Cidade Ocidental, Valparaíso e Novo Gama

|

O avanço de 61% nos números de homicídios em cinco cidades do entorno de Brasília deflagrou uma série de operações especiais para conter a escalada de violência na região. Nos primeiros 23 dias deste mês, os 46 assassinatos registrados, em Valparaíso, Luziânia, Cristalina, Cidade Ocidental e Novo Gama, provocaram um sinal de alerta nas autoridades de Goiás e Distrito Federal.
Diante da média de duas mortes por dia, um número que supera os 29 homicídios ocorridos em março do ano passado, os secretários de Segurança Pública de Goiás, João Furtado, e do Distrito Federal, Daniel Lorenz, se reuniram na tarde hoje para traçar estratégias conjuntas. Durante o encontro ficou definido que os policiais das duas unidades federativas podem atuar em parceria nos municípios do entorno.
O chefe do Gabinete de Gestão de Segurança do Entorno, coronel Edson Costa Araújo, que participou da reunião, diz que o próximo passo agora é a realização de estudos técnicos e de inteligência para traçar o novo trabalho. Segundo ele, a participação de agentes da Força Nacional também foi solicitada junto à Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que sinalizou positivamente para a proposta.
A partir desta sexta-feira, 25, os policiais civis e militares goianos iniciam a Operação Saturação, com blitze e bloqueios nas barreiras municipais do estado, principalmente no entorno de Brasília, com o objetivo de interceptar drogas e armas. O chefe do 5 º Comando Regional da Polícia Militar (CRPM), coronel Abílio Rocha Neto, acredita que o crescimento do tráfico possa ser um dos fatores que tem impulsionado a violência, pois a maioria das vítimas tinha algum vínculo com entorpecentes.
Responsável pelo patrulhamento militar nos cinco municípios, com maior índice de mortes, ele diz que casos recentes ocorridos em Valparaíso ilustram bem a linha de investigação policial. O último assassinato aconteceu na tarde de hoje, numa marcenaria da cidade, quando um homem chegou dirigindo um Gol e pediu um copo de água. Assim que o funcionário se dirigiu para a cozinha do estabelecimento, o proprietário, um homem de 40 anos, foi morto com tiros à queima roupa.
O coronel Alexandre Elias de Freitas, chefe do 13 º CRPM, em Águas Lindas, diz que a execução sem nenhum roubo ou briga corporal passou a ser uma característica frequente nos homicídios. Um crime que chamou a atenção foi o assassinato de uma adolescente de 15 anos, na última sexta-feira, 18, na porta da escola, em Valparaíso. Segundo a polícia, a irmã da vítima de 17 anos confirmou que ela tinha envolvimento com drogas.
Outros dois menores foram executados dentro de casa, no mesmo município, por um grupo de cinco homens que se identificaram como policiais. Em Cidade Ocidental, um corpo masculino carbonizado foi encontrado dentro do porta-malas de um carro abandonado num terreno baldio. Para investigar os crimes, a Polícia Civil vai instalar um grupo especial que fará também uma radiografia do perfil das vítimas.
Na opinião do coronel Elias, uma disputa por espaço no tráfico pode estar ocorrendo na região, que se transformou também em alvo de traficantes de crack. O tema foi discutido nesta quinta-feira (24) pelo governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, durante o encontro do Colégio de Secretários de Segurança Pública (Consesp), no Palácio do Buriti, em Brasília. Na ocasião, os 21 secretários participantes definiram termos de acordo de cooperação entre o Distrito Federal e demais estados para o enfrentamento da criminalidade e controle das drogas.
Fonte:  UOL Notícias

Categorias: Segurança


Comente com sua conta do Facebook


Um comentário :

  1. Deveriam dar uma atenção especial à cidade de Cristalina, enviar policia civil e federal para apurar a rede que opera naquela cidade, haja vista ser uma cidade sem lei, onde policia e bandidos se unem contra a população, onde é nitido nos olhos dos moradores e de meros visitantes daquele lugar.
    Polícia safada é bandido treinado.

    ResponderExcluir

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.