Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

87% dos consumidores de sites coletivos de compras se dizem satisfeitos

|

compras coletivas
Pesquisa realizada pelo Procon Goiás mostrou que 27% dos goianienses já fizeram compras em sites de compras coletivas. Esse novo tipo de comércio eletrônico chegou recentemente ao Brasil, mas, já está fazendo muito sucesso entre os consumidores, principalmente pelos atrativos descontos anunciados, que podem chegar a 90% do valor do produto, porém, essas ofertas exigem um número mínimo de compradores para ser validada. No Brasil, existem vários sites de compras coletivas, dentre eles o Groupon, peixe Urbano, Clube do Desconto e clickon são os mais conhecidos.

A pesquisa mostrou que 87% dos consumidores se disseram satisfeitos com a compra ou serviços oferecidos em sites de compras coletivas.  Já 58% dos entrevistados disseram que voltariam novamente ao estabelecimento, mesmo sem o desconto, pagando o preço normal. No entanto, 76% dos entrevistados também voltariam desde que fosse através dos cupons de descontos. Isso mostra que esse novo comércio tem um grande potencial de crescimento aqui no Brasil.

Os serviços mais procurados pelas mulheres de Goiânia em sites de compras coletivas são de beleza e estética, já a maioria dos homens procura ofertas de entretenimento, principalmente relacionadas com shows e cinema. Um fato curioso da pesquisa é que, 14% dos homens e 12% das mulheres gastam com alimentação (restaurantes, pizzarias) nesses sites.

Média de gasto
A média de gasto para a maioria dos entrevistados (47%) é de até R$ 20,00, para (22%), essa média costuma oscilar entre R$ 20,01 e R$ 50,00. Ou seja, a maioria, 69%, costuma gastar até R$ 50,00, e apenas 14% costumam desembolsar em média R$ 100,01 e R$ 200,00.

Consumidor deve ter cautela e seguir dicas simples para se precaver
Nem tudo são flores nesse novo mercado, muitas pessoas reclamam dos serviços oferecidos, algumas relatam que compraram serviços de um spar, mas, quando chegam ao local indicado, é um salão de beleza! Por isso, o Procon Goiás orienta o consumidor a ter o máximo de cautela antes de efetuar a compra de produtos ou serviços nesses sites de compras coletivas. Dicas simples como se atentar para as condições da compra e o prazo de validade dos cupons pode evitar muitos transtornos e aborrecimentos.

Além da má prestação de serviços que podem gerar inúmeras reclamações junto aos Procons, o fato do consumidor ser humilhado ou sofrer algum dano moral, pelo fato de ser portador de um cupom de desconto, ou receber tratamento deficiente, poderá também, caso o consumidor sentir que houve o dano, pleitear ação indenizatória junto ao Poder Judiciário. “Essas ações com valores de até 40 salários mínimos, poderão ser protocoladas junto aos Juizados Especiais Cíveis, e se o valor for de até 20 salários mínimos, não há necessidade de contratação de um advogado”, reforça Gleidson Tomaz, gerente do PROCON Goiás.

Envio de dados pessoais pela internet 
A segurança no envio dos dados pessoais e do pagamento deve ter uma atenção especial. O gerente do Procon dá outra dica importante: “Normalmente o consumidor ao clicar em pagamento, é direcionado a outra página, verifique se o endereço inicia com https:// e se possui um cadeado no canto inferior direito da tela, pois esses itens são indicativos de segurança no envio dos dados”.

Verifique os dados da loja
Outros cuidados também devem ser observados, como o endereço físico e telefone fixo da loja virtual, bem como CNPJ, se são um número válido e ativo. Gleidson ressalta que esses dados são necessários para abertura de uma reclamação, pois além de notificar a empresa que vende o produto ou serviço, o site responde também solidariamente pelo dano causado ao consumidor.
 Uma dica que o gerente traz aos compradores é conversar com amigos e parentes que já utilizaram o serviço, pois isso, ajuda na hora de decidir ou não pela compra. Entrar em contato com a empresa anunciante pra saber se a oferta é válida, bem como ter noção do valor real do produto ou serviço, pra saber se realmente está com o desconto anunciado, são importantes para não ser enganado.

 Consumidor deve prestar atenção no regulamento da promoção
O regulamento da promoção deve ser lido atentamente, e se ainda assim, restar alguma dúvida, entre em contato com a empresa.  “Só confirme o pagamento, após todas as dúvidas serem sanadas”.  Cada etapa da compra, desde o anúncio da oferta, até a efetivação da compra, devem ser impressos. Caso haja a necessidade de reclamação futura, ou mesmo valores indevidos no cartão de crédito, esses documentos servirão como prova.

Toda compra feita fora do estabelecimento comercial, dá ao consumidor o direito de arrependimento de até 7 dias, contados a partir do recebimento do produto ou da assinatura do contrato.
Pelo potencial de crescimento do comércio em sites de compras coletivas, o Procon Goiás já vislumbra que o serviço pode vir a ocupar o ranking das reclamações no órgão, nesse sentido, no Site do Procon Goiás, existe um canal para tirar as principais dúvidas sobre compras coletivas na Internet, para acessar esse canal clique aqui. Veja a pesquisa comportamental completa realizada pelo Procon Goiás sobre compras coletivas na Internet.

Para maiores informações acesse o site do Procon/GO

Categorias: Tecnologia


Comente com sua conta do Facebook


Um comentário :

  1. Fica a dica do site Ouvidoria Coletiva – http://www.ouvidoriacoletiva.com.br
    Ele se propõe a reunir os relatos dos usuários de sites de Compras Coletivas que tenham utilizado o serviço e que tenham alguma reclamação ou elogio a fazer tanto do site de Compras Coletivas, quanto do estabelecimento que divulgou a promoção.
    Com a crescente onda de sites de Compras Coletivas os problemas com atendimento, produtos/serviços entregues diferentes do que ofertados e outros problemas têm crescido.
    Desta maneira o usuário que se sinta enganado ou mesmo que queira fazer algum tipo de elogio ao site de Compras Coletivas ou ao estabelecimento pode fazê-lo gratuitamente no site Ouvidoria Coletiva.
    Os sites de Compras Coletivas e os estabelecimentos são avisados quanto um relato é publicado e podem fazer suas considerações.
    Acessem, cadastrem-se gratuitamente e relatem suas experiências com Compras Coletivas.
    http://www.ouvidoriacoletiva.com.br

    ResponderExcluir

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.