Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

terça-feira, 25 de maio de 2010

Cristalina receberá verbas do GDF para investir na saúde

|

Reunião com prefeitos do Entorno
Na semana passada, foi anunciado pelo governo do Distrito Federal, Rogério Rosso, mais um pacote de ações para melhorar o atendimento à população na rede pública de saúde do Entorno. Além de garantir a continuidade de convênios firmados em 2009 com prefeituras goianas, Rosso decidiu aumentar o número de cidades contempladas, de nove para 11, que irão receber verba do GDF para investir na área da saúde. A estratégia também visa desafogar o atendimento nos hospitais do DF.

O convênio, inicialmente, atendia apenas as cidades de Águas Lindas, Santo Antônio do Descoberto, Água Fria, Cidade Ocidental, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Planaltina de Goiás e Valparaíso. O novo contrato inclui os municípios de Cabeceiras e Cristalina.
Durante o encontro ficou definido que o repasse de valores irá variar de R$ 50 mil a R$ 1 milhão para cada localidade. Prefeitos das cidades do Entorno e o Senador Marconi Perillo (GO) estiveram reunidos com o governador do Distrito Federal Rogério Rosso, para encaminhar suas demandas na saúde.
O convênio com Água Fria, por exemplo, localizada a 150 km do centro de Brasília, será para custeio de médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem. O valor destinado para a cidade será de R$ 50 mil. O prefeito João de Deus explica que o convênio, durante os meses que funcionou, rendeu bons resultados. " Pacientes com mal súbito e problemas de pressão nós conseguimos reduzir de 20 para zero a demanda que vinha para Brasília. Só vem para o DF, agora, pacientes que necessitam de UTI" , informou. O município de Águas Lindas, que possui 200 mil habitantes, irá receber R$ 1 milhão.
Desde o final do ano passado as prefeituras não recebiam a verba. Após a assinatura do novo convênio o repasse estará garantido durante os próximos 10 meses. Anteriormente, o acordo era gerido pela Companhia de Planejamento do DF. Agora passará para a Secretaria de Saúde, que analisa a prestação de conta dos municípios referentes ao dinheiro já investido.
" Uma fiscalização será feita mensalmente. Cada cidade irá entregar uma prestação de contas detalhando cada gasto. Uma equipe de auditores também visitará os municípios para fiscalizar as aplicações dos recursos" , garantiu o secretário de Saúde, Joaquim Barros.
Fonte: Agência Brasília, Foto: George Gianni



Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.