Galáxia NGC 4206 localizada a mais de 70 milhões de anos-luz da Terra é fotografada pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA


Galáxia NGC 4206 localizada a mais de 70 milhões de anos-luz da Terra
Galáxia NGC 4206 - Localização na Constelação de Virgem a cerca de 70 milhões de anos-luz da Terra. Foto: NASA.

O telescópio espacial Hubble capturou essa belíssima imagem da galáxia NGC 4206, que, assim como a nossa Via Láctea, tem um formato em espiral. Mas, apesar da similaridade, a NGC 4206 está localizada na constelação de Virgem, a mais de 70 milhões de anos-luz da Terra.

As partes mais escuras, principalmente no centro da galáxia são extensas áreas de poeira cósmica. Essa áreas é formada basicamente por estrelas mais velhas, que estão no final de sua vida e por isso ganham um tom avermelhado. já nas bordas na NGC 4206 é possível observar aglomerados dispersos de gases com tom azulado, esse local é chamado pelos cientistas de berçário estelar, ou seja, é o local onde as estrelas estão nascendo.

Os cientistas buscam compreender qual o efeito que o material escuro (poeira e gases) entre as estrelas de uma galáxia causa sobre a luz ao viajar através dela. Desta forma, o Hubble é equipado com câmeras de alta precisão que são capazes de revelar quais tipos de materiais compõem a poeira cósmica e o gás existente principalmente nas partes frias do meio interestelar. Possibilitando assim, o cálculo e um melhor entendimento da difusão que a luz sofre ao passar pelo material.


Essa difusão que a luz sofre ao atravessar uma região interestelar cobertas por poeiras e gases, é chamada pelos astrônomos de extinção, sendo seu efeito mais conhecido de parecer tornar os objetos mais avermelhados do ponto de vista do observador.

Comente com sua conta do Facebook

Comente com sua conta do Google

Nenhum comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.