Anatel libera vendas de novas linhas de celulares e internet da Claro, OI e TIM em todo o Brasil

Anatel libera vendas de linhas da Claro, OI e TIM

Após onze dias de proibição, as vendas de novas linhas das operadoras Claro, OI e TIM, foram liberadas mediante apresentação junto à Anatel de um plano de investimento na ordem de R$ 20 bilhões até 2014, para melhorar a qualidade dos serviços prestados aos clientes das três operadoras em todo o país.

A operadora TIM apresentou um plano de investimento até 2014 no valor de R$ 8,2 bilhões, a OI, R$ 5,5 bilhões e a Claro, R$ 6,3 bilhões. O presidente da Anatel, João Batista Rezende, afirmou que os planos apresentados pelas três operadoras são um primeiro passo e que a agência vai acompanhar e analisar a cada três meses se as operadoras estão cumprindo o prometido. "É claro que não vai melhorar amanhã, mas acreditamos que, no caso dos call centers, deve haver, em curtíssimo prazo, uma melhoria do atendimento", disse.

Já o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmara na ocasião em que foi anunciada a suspensão das vendas de novas linhas das três operadoras que a situação deveria ser resolvida em no máximo 15 dias. Onze dias depois, o ministro afirmou que os planos apresentados pela Claro, OI e TIM são satisfatórios e deverão melhorar os serviços prestados aos clientes.

De acordo com matéria publicada pela “Folha de S.Paulo”, as três operadoras e também o governo vinham pressionando a Anatel para que a proibição da venda de novas linhas fosse suspensa antes do Dia dos Pais, data considerada uma das três melhores para o setor de telefonia, juntamente com o Natal e o Dia das Mães. 


Comente com sua conta do Facebook