Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Tribunal de Contas do DF encontra irregularidade na construção do Estádio Nacional de Brasília e outras obras importantes

|

Foto do Estádio Nacional de Brasília em construção - Julho de 2011
Foto: Acácio Pinheiro - Estádio Nacional de Brasília - 07/2011
O Tribunal de Contas do Distrito Federal apresentou relatório que aponta que 15 das 9 obras analisadas apresentam algum tipo de irregularidade, sendo a mais comum o superfaturamento. O relatório também aponta problemas em serviços de engenharia. Essas obras com suspeita de fraude têm um custo de R$ 2,3 bilhões aos cofres públicos, dentre as obras com problemas está a reforma do Bloco de Internação do Hospital de Base, orçada em R$ 37,6 milhões.

O relatório foi elaborado em julho por técnicos do Tribunal de Contas e será encaminhado para apreciação da Câmara Legislativa do DF e à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal.

Outras obras importantes também apresentam problemas, como a construção do Estádio Nacional de Brasília (antigo Mané Garrincha), orçado em R$ 696 milhões, onde alguns itens da obra, como o concreto apresentaram sobrepreço, ou seja, foram comprados com valores acima do praticado no mercado.

A Torre de TV Digital é outra com problemas, a obra orçada em R$ 68 milhões deveria ter sido entregue no aniversário de 50 anos de Brasília, já consumiu milhões de reais e para ser finalizada ainda precisará de mais investimentos. O TCDF determinou a imediata suspensão dos pagamentos dos serviços da obra, que deveria ter sido entregue no dia 31 de julho de 2011. A empreiteira responsável pela construção, afirma que possivelmente a torre só será entregue no final deste ano.

Só para o contribuinte ter uma idéia da situação aqui em Brasília, na obra de ampliação do metrô, reforma do Museu Nacional e Revitalização da velha Torre de TV, estima-se um prejuízo aos cofres públicos na ordem de R$ 15 milhões, a maioria das fraudes envolvem superfaturamento. O GDF disse que só vai se pronunciar depois de analisar o relatório do Tribunal de Contas.

Categorias: Obras


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.