Roseana Sarney vai receber R$ 20,9 mil de aposentadoria no Senado Federal


Roseana Sarney vai receber R$ 21 mil de aposentadoria no senado
Roseana Sarney. Foto: Wikipédia.
A governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), vai receber uma aposentadoria vitalícia de R$ 20,9 mil por mês concedido pelo Senado Federal. Atualmente ela já recebe um salário de R$ 15,4 mil como governadora, esse valor se somará ao dá aposentadoria no senado, ou seja, com o acumulo dos dois vencimentos a filha de Sarney terá um soldo mensal de R$ 36,3 mil.

Para evitar polêmica, Roseana divulgou uma nota, onde afirma que ingressou no Senado, em 1974, por meio de uma processe seletivo (sem concurso público) e que, sua aposentadoria ocorre 38 anos após ingressar no serviço público. A nota afirma ainda que Roseana devolverá o valor que ultrapassar o teto do funcionalismo público, que é de R$ 28 mil.


Aposentadoria será paga pelo tempo como servidora da Casa, na qual entrou por meio de "trem da alegria", sem concurso

Por: Júnia Gama e Maria Lima/O Globo
O Senado irá pagar salário vitalício de R$ 20,9 mil mensais à governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), aposentada ontem como servidora da Casa. Roseana passou a integrar os quadros do Senado em um chamado "trem da alegria" - sem ter prestado serviço público -, que durou de 1974 a 1985. Somente em maio de 1986 veio a público a medida que efetivou a filha do então presidente da República, José Sarney (PMDB-AP).
A atual diretora-geral do Senado, Doris Marize Romariz Peixoto, que assinou a aposentadoria de Roseana, foi efetivada na Casa no mesmo "trem da alegria" da governadora do Maranhão. O ato de aposentadoria de Roseana foi publicado ontem (11/04) no boletim oficial da Casa. Atualmente, o Senado gasta, por mês, cerca de R$ 100 milhões com o pagamento a servidores aposentados e pensionistas.
Apesar de o período da aposentadoria se referir aos anos de 1974 a 1985, os registros indicam que a governadora trabalhou como servidora do Senado entre 1982 e 1985, quando o pai já era Senador. Após esse período, Roseana se licenciou do Senado para acompanhar José Sarney na Presidência da República (1985 a 1990) e iniciar uma carreira política.
Roseana irá acumular a aposentadoria com o salário de R$ 15.409,95 a que tem direito como governadora. O Senado não informou se Roseana também solicitou aposentadoria como Senadora. No total, 68 ex-Senadores recebem o benefício.
Por meio de nota, Roseana afirma que passou a ser servidora do Senado em 1974, "depois de ingressar por meio de um processo seletivo", apesar de não ter prestado concurso público. "A aposentadoria ocorre 38 anos depois", diz o texto. Ainda de acordo com a nota, Roseana irá "devolver aos cofres públicos" o valor que ultrapassar o teto de R$ 28 mil estabelecido para o servidor público.
O pai de Roseana brigou na Justiça para continuar recebendo salários dos cofres públicos acima do teto constitucional. De acordo com o Ministério Público, José Sarney recebe duas aposentadorias, uma como ex-governador do Maranhão e outra como servidor do Tribunal de Justiça do estado, além do salário de Senador em Brasília. Em 2007, as duas aposentadorias de Sarney somavam R$ 35,5 mil.
Houve abertura de inquérito para investigar o governo do Maranhão e o Senador Sarney sobre o caso. O MP relatou que ambos se negaram a informar detalhadamente os valores recebidos a título de pensão, mas admitiram receber os pagamentos. 
Ao site "Congresso em Foco", Sarney afirmou, por meio de assessoria, que suas aposentadorias são um assunto privado.


Comente com sua conta do Facebook

Comente com sua conta do Google

2 comentários

  1. De aulas por 36 anos e me aposentei com 10% do salário dela. Ela não precisou de professor para chegar nessa?

    ResponderExcluir
  2. Vergonha, nojo que dá desse prostíbulo!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.