Homem joga dois cães da janela do sexto andar de um prédio no Rio de Janeiro


Médico joga cães da janela do sexto andar de prédio
Um dos cães mortos na queda. Foto: Leitor/O Globo.
Homem joga dois cães pela janela do sexto andar do apartamento de sua mãe no Rio de Janeiro, os animais morreram na hora e populares tentaram linchar o suspeito.  O médico ortopedista Rogério Povilaitis, de 51 anos, foi detido e levado à delegacia, amigos e familiares alegaram que ele sofre de depressão e Síndrome do Pânico a pelos dez anos e que no ano passado, ele tentou asfixiar o filho de apenas três anos de idade.

De acordo com testemunhas, por volta das 19 horas desta quarta-feira (22/05), Rogério sofreu um surto psicótico no apartamento de sua mãe, em Copacabana, completamente fora de controle, ele pegou um cão da raça pastor alemão e outro da raça poodle e os lançou pela janela do sexto andar do prédio.

Após o crime, o homem desceu do prédio e encontrou uma multidão revoltada em torno dos animais mortos. Os policiais conseguiram controlar os ânimos dos populares e levar Rogério à delegacia, que será enquadrado no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais (lei 9605/98) por abuso e maus tratos contra animais.

Para esse tipo de crime, a pena é de três meses a um ano de prisão, em caso de condenação, além de multa, acrescido de um terço da pena, em decorrência da morte dos cachorros. Depois de prestar depoimento e ser encaminhado ao hospital psiquiátrico da Zona Sul para fazer exames, o médico foi liberado.



Comente com sua conta do Facebook

Comente com sua conta do Google

2 comentários

  1. Eu queria muito ser policial e estar na delegacia na hora que esse anjinho chegasse lá. Eu ia da um remedinho pra ele pra depressão e síndrome do pânico.. Engraçado, nè ??? por que que esse anjinho não se jogou da janela?? è muito fácil, o anjinho botar a culpa na depressão...´com certeza é mais um psicopata que devia estar enjaulado!!!!

    ResponderExcluir
  2. Só pode ser louco .... o negócio é internar em um hospício ....

    ResponderExcluir

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.