Entrevista com Vereador Marquinho Abrão - Parte I

Foto Vereador Marquinho Abrão
"As minhas idéias e sugestões, expressadas através de inúmeras indicações, que são muitas, o atual prefeito não lê e nem responde. O que é um desrespeito com a atividade legislativa..."
Hoje e amanhã, o Site Redecol Brasil publica uma entrevista que realizamos com o Vereador Marco Aurélio Ribeiro (PPS), mais conhecido como Marquinho Abrão. Na primeira parte da entrevista, o vereador fala a respeito de temas gerais que são de interesses da população cristalinense, tais como, projetos e indicações apresentados, áreas da cidade que mais carecem de investimentos, segurança pública... etc já na entrevista de amanhã, o Vereador Marquinho Abrão avalia a vinda de faculdades particulares para Cristalina, vida da UNB, processo de industrialização do município dentre outros temas, não perca. Veja abaixo a Primeira Parte da Entrevista:


RCB - Nome, partido político, profissão e local de nascimento.

Ver. Marquinho Abrão: Chamo-me Marco Aurélio Ribeiro - “Marquinho Abrão”, PPS, vereador, Cristalina-GO.

RCB - O que o senhor fazia antes de ser vereador?

Ver. Marquinho Abrão: Trabalhava em açougue da família.

RCB - O que o fez se interessar pela política?

Ver. Marquinho Abrão: A comunidade carente do nosso município, a falta de emprego, a deficiência na saúde e na educação e todas as demandas sociais.

RCB - Quantos mandatos o senhor já teve?

Ver. Marquinho Abrão: Dois mandatos de vereador e agora estou exercendo o terceiro.

RCB – Quais foram suas maiores conquistas e dificuldades nesse período?

Ver. Marquinho Abrão: Tive a honra de ser eleito muito jovem, em 1996. Foi um mandato frutífero, estive sempre próximo das pessoas para ajudá-las, trabalhar por elas. Fui julgado em 2000 pelas urnas e não fui eleito, embora alcançando uma votação expressiva. Mesmo perdendo aquela disputa, não deixei de fazer política, o que resultou com meu retorno para à Câmara em 2004, quando fui presidente da Câmara. Voltei novamente com o pleito de 2008 e a minha maior dificuldade é quando, por um motivo ou outro, não consigo resolver aquilo que as pessoas, as instituições, os segmentos organizados da sociedade me solicitam.

RCB - Quais as indicações de destaque do senhor nessa Legislatura?

Ver. Marquinho Abrão: Neste período, já são 10 anos de atividade legislativa, foram centenas de indicações aprovadas. Meu mandato tem muitas conquistas para o povo. Só através de devolução de parte do duodécimo São Bartolomeu e Marajó receberam ambulâncias, foram construídos PASS – Programa de Apoio à Saúde e à Segurança na vila São João e em Marajó, Quadra de Esportes Mário Attié. Fui responsável por extensão de redes de água e luz em diversos bairros da cidade, por colocação de telefones públicos em vários locais, asfalto e briquete em muitas ruas da cidade. Por minha iniciativa a Câmara homenageou os sulistas, garimpeiros, professores, enfim, todos que construíram e constroem a nossa cidade.

RCB - Quais são os seus projetos prioritários para esta legislatura?

Ver. Marquinho Abrão: No atual mandato exerço o papel de oposição para o qual o eleitor me convocou. Se foi eleito um prefeito que não fazia parte da minha coligação, certamente tenho que ser o seu fiscal, para denunciar as coisas erradas e os desmandos que porventura aconteçam. Por isso a minha prioridade é cobrar para que a atual administração cuide melhor da saúde, da educação, do social, das estradas. As minhas idéias e sugestões, expressadas através de inúmeras indicações, que são muitas, o atual prefeito não lê e nem responde. O que é um desrespeito com a atividade legislativa é bom frisar.

RCB – Na sua opinião, quais são as áreas da cidade que mais carecem de investimentos públicos?

Ver. Marquinho Abrão: Cristalina precisa urgentemente de um novo hospital. As escolas precisam de investimentos, manutenção, os professores têm que ser valorizados, o social precisa de mais atenção, os bairros não podem ficar abandonados como estão. O município precisa criar cursos profissionalizantes para absorver a mão de obra das indústrias que estão chegando...

RCB – O cidadão cristalinense pode enviar ao senhor sugestões de projetos? Como?

Ver. Marquinho Abrão: Não só pode como deve, a participação da comunidade é muito importante no trabalho do vereador, pode ser enviado ao meu gabinete na Câmara Municipal ou no meu e-mail marquinhoabrao@uol.com.br

RCB – O senhor acha que a saúde, a educação, a habitação, o nível de emprego, a segurança pública, o desenvolvimento social e considerando todos os aspectos de atuação do executivo e legislativo, o que melhorou e o que piorou com o Governo Attíe?

Ver. Marquinho Abrão: Tudo Piorou. A frustração da população é grande. A saúde está decadente, sem investimentos, sem remédios, sem apoio a tratamentos específicos; na educação até agora não se viu um investimento sequer; de acordo com o Caged Cristalina teve menos empregos em 2009 do que em 2008; na habitação é uma vergonha o que a administração está fazendo com a vila Andrade, permitindo que as ruas se deteriorem e que a população perca a motivação com tanto descaso do poder público; na segurança em menos de um ano e meio Cristalina já teve três delegados,não há o secretário municipal de segurança e o número de homícios em 2009 mais que dobrou com relação a 2008. É uma pena a cidade se encontrar nesta situação. Não era esta a mudança que o povo esperava.

RCB - Quais são as metas em sua carreira política? O senhor será candidato a Deputado Estadual?

Ver. Marquinho Abrão: Antes de mais nada quero ser um bom vereador, que cumpra com os meus deveres. Embora meu partido queira, não vou ser candidato a deputado estadual agora, mesmo com números favoráveis ao meu nome. Quero cumprir bem o meu mandato e, ao final, se estiver bem nas pesquisas e sentir apelo popular, posso analisar uma candidatura a prefeito, que é uma decisão que deve ser tomada com muito equilíbrio e sobriedade.

RCB - Como é a sua relação com o Poder Executivo Municipal?

Ver. Marquinho Abrão: Tenho uma relação de respeito, faço meus ofícios e indicações, quando sou convidado participo dos eventos do Poder Executivo, apoio e voto os projetos que são bons para nossa cidade, e o que vejo que vai prejudicar o nosso povo sou contra.

RCB – Como os cidadãos podem acompanhar o seu trabalho de vereador?

Ver. Marquinho Abrão: Através do twiter, do site cristalinavip e acompanhando as sessões na Câmara todas às quintas-feiras às nove horas da manhã.


Comente com sua conta do Facebook