Mais de 2 milhões de cigarros são destruídos em Cristalina


O mês de junho começou com um grande ato em Cristalina, a Receita Federal do Brasil em parceria com a Prefeitura municipal destruíram mais de 2 milhões de cigarros falsificados que foram apreendidos na alfândega do Aeroporto Internacional de Brasília. A mercadoria foi triturada na Fazenda Goiás Verde, localizada na GO 436, há 50 quilômetros de Cristalina, onde diversas autoridades federais e municipais estiveram presentes.
Além do combate à pirataria e falsificação de mercadorias, o evento também teve um teor ecológico, já que, os resíduos resultantes da destruição dos cigarros serão reaproveitados para a produção de adubo orgânico, que servirão para adubar as hortas das escolas e também para recompor a flora regional nativa do cerrado.

A Secretaria de Agricultura Indústria e Comércio de Cristalina, juntamente com a Receita Federal do Brasil estão de parabéns pela iniciativa, a saúde das pessoas e o meio ambiente agradecem a destruição dos milhões de cigarros e o reaproveitamento dos seus resíduos para adubação de hortas.

Comente com sua conta do Facebook

Comente com sua conta do Google

Nenhum comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.