Mais de 2 milhões de cigarros são destruídos em Cristalina

O mês de junho começou com um grande ato em Cristalina, a Receita Federal do Brasil em parceria com a Prefeitura municipal destruíram mais de 2 milhões de cigarros falsificados que foram apreendidos na alfândega do Aeroporto Internacional de Brasília. A mercadoria foi triturada na Fazenda Goiás Verde, localizada na GO 436, há 50 quilômetros de Cristalina, onde diversas autoridades federais e municipais estiveram presentes.
Além do combate à pirataria e falsificação de mercadorias, o evento também teve um teor ecológico, já que, os resíduos resultantes da destruição dos cigarros serão reaproveitados para a produção de adubo orgânico, que servirão para adubar as hortas das escolas e também para recompor a flora regional nativa do cerrado.

A Secretaria de Agricultura Indústria e Comércio de Cristalina, juntamente com a Receita Federal do Brasil estão de parabéns pela iniciativa, a saúde das pessoas e o meio ambiente agradecem a destruição dos milhões de cigarros e o reaproveitamento dos seus resíduos para adubação de hortas.


Comente com sua conta do Facebook