Cristalina receberá verbas do GDF para investir na saúde


Reunião com prefeitos do Entorno
Na semana passada, foi anunciado pelo governo do Distrito Federal, Rogério Rosso, mais um pacote de ações para melhorar o atendimento à população na rede pública de saúde do Entorno. Além de garantir a continuidade de convênios firmados em 2009 com prefeituras goianas, Rosso decidiu aumentar o número de cidades contempladas, de nove para 11, que irão receber verba do GDF para investir na área da saúde. A estratégia também visa desafogar o atendimento nos hospitais do DF.

O convênio, inicialmente, atendia apenas as cidades de Águas Lindas, Santo Antônio do Descoberto, Água Fria, Cidade Ocidental, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Planaltina de Goiás e Valparaíso. O novo contrato inclui os municípios de Cabeceiras e Cristalina.
Durante o encontro ficou definido que o repasse de valores irá variar de R$ 50 mil a R$ 1 milhão para cada localidade. Prefeitos das cidades do Entorno e o Senador Marconi Perillo (GO) estiveram reunidos com o governador do Distrito Federal Rogério Rosso, para encaminhar suas demandas na saúde.
O convênio com Água Fria, por exemplo, localizada a 150 km do centro de Brasília, será para custeio de médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem. O valor destinado para a cidade será de R$ 50 mil. O prefeito João de Deus explica que o convênio, durante os meses que funcionou, rendeu bons resultados. " Pacientes com mal súbito e problemas de pressão nós conseguimos reduzir de 20 para zero a demanda que vinha para Brasília. Só vem para o DF, agora, pacientes que necessitam de UTI" , informou. O município de Águas Lindas, que possui 200 mil habitantes, irá receber R$ 1 milhão.
Desde o final do ano passado as prefeituras não recebiam a verba. Após a assinatura do novo convênio o repasse estará garantido durante os próximos 10 meses. Anteriormente, o acordo era gerido pela Companhia de Planejamento do DF. Agora passará para a Secretaria de Saúde, que analisa a prestação de conta dos municípios referentes ao dinheiro já investido.
" Uma fiscalização será feita mensalmente. Cada cidade irá entregar uma prestação de contas detalhando cada gasto. Uma equipe de auditores também visitará os municípios para fiscalizar as aplicações dos recursos" , garantiu o secretário de Saúde, Joaquim Barros.
Fonte: Agência Brasília, Foto: George Gianni

Comente com sua conta do Facebook

Comente com sua conta do Google

Nenhum comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.