Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

A Rodovia BR-050 completou 1 ano de privatização sob a responsabilidade da Concessionária MGO Rodovias

|

MGO Rodovias concessionária da BR 050
A MGO Rodovias – Concessionária de Rodovias Minas Gerais Goiás S.A. completou no dia 8 de janeiro, um ano de atividades à frente da BR-050, concluindo mais uma etapa dos Trabalhos Iniciais previstos no Programa de Exploração da Rodovia – PER e no contrato de concessão de 30 anos, firmado com a Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT em 5 de dezembro de 2013.

A concessionária assumiu a responsabilidade pela administração, recuperação, conservação, manutenção, ampliação e operação da BR-050 (GO/MG) - trecho de 436,6 quilômetros, do entroncamento com a BR-040, em Cristalina (GO), até a divisa de Minas Gerais com São Paulo, no município de Delta – em 08/01/2014 e, em seu primeiro ano de concessão, realizou melhorias significativas na rodovia, proporcionando mais conforto e segurança aos usuários.

Leia mais:
Serviços de Conservação e Sinalização
Atuando em 7 frentes de trabalho, de Cristalina (GO) a Delta (MG), na Divisa MG/SP, equipes de conservação, manutenção e sinalização de 15 empresas a serviço da concessionária, que somam 365 trabalhadores, executaram:
·      Roçada e capina periódica da vegetação em 100% do trecho sob concessão: o equivalente a 3 milhões e 528 mil metros quadrados (considerando as áreas adjacentes ao acostamento nos dois lados da rodovia e canteiro central nos trechos de pista dupla);
·     Implantação de 20.000 metros lineares de novas defensas metálicas;
·      Aplicação de 2.286 toneladas de asfalto em reparos localizados nas pistas e em tapa buracos;
·     Pintura de 400 mil m² de faixas de sinalização no pavimento;
·     Instalação de 5.600 m2 de placas de sinalização vertical (de regulamentação, advertência, educativa, institucional, indicativa e de obras), equivalente a 7.032 unidades;
·     Instalação de 130 quilômetros de cercas delimitadoras da faixa de domínio da rodovia;
·     Colocação de 43.200 metros lineares de refletivos (elementos de proteção e segurança) em pontes, viadutos, barreiras New Jersey e defensas metálicas.
·     Implantação de 16 mil tachas refletivas no pavimento;
·    Assentamento de 9.000 metros lineares de meio-fio;
·   Limpeza com hidrojateamento de 35 galerias assoreadas.
Obras de melhorias e ampliação da rodovia

Já as obras de melhorias e ampliação/duplicação da BR-050, previstas nos Trabalhos Iniciais do Programa de Exploração da Rodovia - PER, começaram em junho de 2014 e boa parte delas já foi concluída ou está em fase de conclusão. Em trechos considerados críticos da BR-050, tanto em Goiás quanto em Minas Gerais, para recuperação do pavimento foram executadas as seguintes obras: 

·   Correção de degraus e desníveis entre a pista e o acostamento em 240 quilômetros de pista simples equivalente;
·     Microfresagem em 100.000 metros quadrados de pavimento;
Fresagem e recomposição do asfalto (CBUQ) em 90 quilômetros de pista simples equivalente;
·    Micropavimento asfáltico de 12 mm e 18 mm em 200 quilômetros de pista simples equivalente.

As chamadas obras de arte especiais (pontes, viadutos. barreiras, etc.) e os sistemas elétricos e de iluminação também receberam melhorias:
·         Pintura de 2.000 metros lineares de guarda-corpos;
·         Pintura de 6.000 metros lineares de barreiras New Jersey – que separam as faixas de rolamento em pistas duplas;
·         Implantação de 800 metros de tela antiofuscante em trecho de pista dupla;
·         Substituição de 400 lâmpadas de vapor de sódio por luminárias;
Duplicação dos 218 quilômetros da BR-050
A principal obra do contrato: duplicação de 218,5 quilômetros da BR-050 em Goiás até o final do 5º ano de concessão (2018) foi iniciada, em junho de 2014, em dois trechos que somam 26,65 quilômetros de extensão. As obras de duplicação nesses trechos estão 81% concluídas e devem ser finalizadas até o final deste mês, antecipando o prazo previsto em contrato para a conclusão de 10% trecho total a ser duplicado, que é junho de 2015.

O trecho do Km 99+400 ao km 110+700 (11,30 quilômetros) – município de Cristalina, está a cargo das empresas Bandeirantes e Estrutural. Já o trecho do km 119+500 ao km 134,835 (15,35 quilômetros) da BR-050 – Município de Ipameri, está sendo duplicado pelas empresas Tecsan e Sodeste.

As obras de ampliação envolvem, até sua conclusão, o trabalho de 210 homens/mês e a utilização de 80 equipamentos diversos/mês, entre caminhões, fresadoras, acabadoras, rolos pneu, rolos lisos, aplicadores de emulsão, compressores, etc. das quatro empresas contratadas para a execução.

Bases de Atendimento aos Usuários e Praças de Pedágio
Em seu primeiro ano de administração da BR-050, a MGO também implantou 9 bases operacionais provisórias de Serviço de Atendimento ao Usuário. Elas foram construídas dentro de padrões que proporcionam mais conforto aos usuários, com  estacionamento, banheiros, fraldário, água potável, área de descanso, telefone público, e funcionam 24 horas, todos os dias do ano.

Nos SAUs também ficam posicionadas as equipes e viaturas do Serviço de Atendimento ao Usuário, que são acionadas por sistema de rádio pelo Centro de Controle Operacional da MGO e se deslocam para   atender rapidamente os usuários em situação de emergência na rodovia.

Confira a localização das 9 bases!

SAUs – Serviço de Atendimento ao Usuário
Localização
Sentido
Município
Estado
SAU 1
km 128+500
Sul
Ipameri
GO
SAU 2
km 148+500
Sul
Campo Alegre
GO
SAU 3
km 208+500
Sul
Campo Alegre
GO
SAU 4
km 266+650
Sul
Catalão
GO
SAU 5
km 313+600
Norte
Cumari
GO
SAU 6
km 37+700
Norte
Araguari
MG
SAU 7
km 85+000
Sul
Uberlândia
MG
SAU 8
km 138+130
Norte
Uberaba
MG
SAU 9
km 173+280
Sul
Uberaba
MG

As seis praças de pedágio na BR-050, determinadas no contrato de concessão, estão em fase de construção e instalação de equipamentos. Elas somente entrarão em operação após conclusão da duplicação de 10% dos 218,5 quilômetros de rodovia em Goiás, e a vistoria e aprovação da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres, responsável pela fiscalização do contrato.
        
Tarifa do pedágio   
 As tarifas básicas de pedágio de cada praça, valor pago pelo usuário como contraprestação às obras realizadas e serviços oferecidos na rodovia, serão definidas tendo como base o valor de R$ 4,53 para cada 100 quilômetros (ou R$ 0,0453/km) estabelecido na data do edital de licitação (maio 2012).

 Esse valor será atualizado pela variação do IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Ampliado até a data de início da cobrança das praças, e será corrigido anualmente; conforme estabelece o contrato de concessão. Os valores das tarifas por praça de pedágio variam em decorrência do TCP – Trecho de Cobertura da Praça, considerando o valor da tarifa básica multiplicado pela distância entre as praças.

Localização das Praças de Pedágio na BR-050

Praças de Pedágio
Estado
KM
Município
01 - Ipameri
GO
143+985
Ipameri
02 – Campo Alegre de Goiás
GO
226+000
Campo Alegre de Goiás
03 – Araguari 1
MG
13+730
Araguari
04 – Araguari 2
MG
51+475
Araguari
05 - Uberlândia
MG
104+900
Uberlândia
06 - Delta
MG
198+060
Delta


Atendimento ao Usuário da BR-050
Em operação desde 08 de julho de 2014, o Serviço de Atendimento ao Usuário da MGO registrou até 07/01/2015, 6 meses de atividades, 25.634 ocorrências atendidas na BR-050 (GO/MG), das quais 9.222 no trecho de Goiás e 16.412 no trecho de Minas Gerais.

A inspeção de tráfego, feita com dez viaturas que monitoram a rodovia diariamente, 24 horas, e atuam na prevenção de acidentes, foi o serviço mais acionado, participando diretamente em 17.150 eventos diversos, desde o primeiro atendimento a veículos com pane mecânica ou elétrica e auxílio em troca de pneus à remoção de objetos na pista, como ressolagem de pneus, e sinalização no caso de acidentes.

O socorro mecânico, realizado com 9 guinchos leves e 4 pesados, prestou 7.145 remoções de veículos em ocorrências de pane mecânica, pane de pneu, pane elétrica e pane seca (falta de combustível), levando-os a postos de abastecimento e serviços mais próximos na rodovia.

As equipes de resgate e de atendimento pré-hospitalar prestaram 475 atendimentos clínicos a usuários que trafegavam pela rodovia e sentiram-se mal, sendo que em todos esses atendimentos sempre um dos médicos reguladores esteve presente com ambulância UTI. Nas ocorrências de acidentes o resgate da MGO foi acionado 796 vezes e as ambulâncias com UTI e médico atenderam em 299 delas.

Já os 3 caminhões-pipa da frota operacional da MGO foram mobilizados em 429 ocorrências, sendo 267 para combater focos de incêndio e as demais para apoio, como limpeza de pista no caso de acidentes. Os 3 caminhões-boiadeiro retiraram animais de grande porte da pista em 59 ocorrências, e afugentaram outros animais (silvestres, domésticos e de pequeno porte) em outros 128 atendimentos.

Número de acidentes
Nesses seis meses, foram registrados 796 acidentes no trecho sob concessão da MGO Rodovias, com 469 feridos e 15 vítimas fatais. Outras 1.571 vítimas desses acidentes saíram ilesas.

Os tipos de acidentes de maior incidência foram saída de pista (147), colisão traseira (125), capotamento (115), choque em defensa, barreira ou meio fio (83). Na maioria deles ficou evidenciado como principal causa o excesso de velocidade e imprudência dos motoristas.

Investimentos
 Em 30 anos de concessão, a MGO Rodovias vai investir R$ 3 bilhões na BR-050. Desse total, R$ 2,38 bilhões destinam-se a intervenções estruturais no pavimento e melhorias funcionais e operacionais e R$ 650 milhões especificamente para duplicações. Nos 5 primeiros anos serão R$ 1,49 bilhão em investimentos, sendo que em 2014 a concessionária já investiu R$ 186,5 milhões.

Essenciais para a modernização da infraestrutura regional, esses investimentos terão reflexo direto na qualidade do transporte rodoviário em Goiás e no Triângulo Mineiro, com a melhoria da BR-050 nos aspectos de segurança, fluidez, economia e conforto. A rodovia é uma das principais vias de ligação entre o Distrito Federal e São Paulo, cortando municípios de atividade agroindustrial e comércio atacadista.

Os benefícios aos usuários e para a economia dos municípios já podem ser observados nesse primeiro ano de concessão da MGO Rodovias. A concessionária gerou 1.674 empregos diretos e 2.500 indiretos nos municípios. Em 2015, esses municípios também terão uma nova fonte de receita: a arrecadação de ISSQN sobre a arrecadação das praças de pedágio, que é proporcional à extensão da área territorial de cada município na BR-050.

Comunicação direta com a MGO Rodovias

Para pedir auxílio em emergências na rodovia, o motorista deve ligar para a Central de Atendimento 0800 940 0777, ligação telefônica gratuita, 24 horas. Por esse telefone pode também fazer sugestões, reclamações ou solicitar informações aos operadores do Centro de Controle Operacional - CCO, responsáveis pelo acionamento das viaturas e equipes, via rádio-comunicação, para o pronto atendimento das ocorrências.

Antes de viajar, no site da MGO (www.mgorodovias.com.br) o usuário tem acesso à programação semanal de obras e serviços na rodovia; informações sobre a concessionária, mapa do trecho sob concessão, localização dos SAUs, postos da PRF; notícias sobre a concessionária, entre outras informações. Pelo twiter: notícias@mgorodovias.com.br é possível conferir as condições de tráfego, tempo e eventuais interdições de pista na BR-050, para assim planejar melhor a viagem.

  
Conheça um pouco mais sobre a Minas Gerais Goiás Rodovidas
A Concessionária de Rodovias Minas Gerais Goiás S.A. assinou contrato de concessão de 30 anos com a ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres em 5 de dezembro de 2013 e, a partir de 8 de janeiro de 2014, assumiu a responsabilidade pela administração, recuperação, conservação, manutenção, ampliação e operação da BR-050 (GO/MG), no trecho de 436,6 quilômetros que começa no entroncamento com a BR-040, em Cristalina (GO), e se estende até a divisa de Minas Gerais com São Paulo, no munícipio de Delta. 

Em sua extensão, abrange 9 municípios, sendo 5 em Goiás (Cristalina, Ipameri, Campo Alegre de Goiás, Catalão e Cumari) e 4 em Minas Gerais (Araguari, Uberlândia, Uberaba e Delta). 

Fonte: Assessoria de Imprensa da MGO Rodovias



Categorias: Atualidades, Destaque


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.