Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

segunda-feira, 25 de março de 2013

Inauguração do Estádio Nacional de Brasília será no dia 21 de abril, obras já chegam a 94% de conclusão

|

Obras civis no Estádio Nacional de Brasília chegam a 94%
Obras no Estádio Nacional  de Brasília chegam a 94% de conclusão. Foto: Glauber Queiroz/Portal da Copa
O Governo do Distrito Federal (GDF) informou que as obras no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, na capital federal, chegaram a 94% de conclusão. A cobertura está em fase final de instalação e a previsão é de que a membrana esteja inteiramente posicionada na próxima semana. As estruturas para os dois conjuntos de placares eletrônicos já foram instaladas.

Cadeiras estão sendo instaladas no Estádio Nacional de Brasília
Cadeiras do Estádio nacional de Brasília serão vermelhas.
Foto: Glauber Queiroz/Portal da Copa
Os cerca de 71 mil assentos começaram a ser colocados nos últimos dias. Foi escolhida a cor vermelha para os assentos gerais da arena e a cor vinho para os camarotes. O gramado está sendo cultivado em uma fazenda no estado de Sergipe. O início do plantio está previsto para a primeira quinzena de abril. A grama é da espécie Bermuda celebration e será transportada em rolos para o estádio. O campo terá dimensões de 105m x 68m.

A inauguração da arena está marcada para 21 de abril, data do aniversário de Brasília. A arena receberá a abertura da Copa das Confederações, em 15 de junho, num confronto entre Brasil e Japão. Antes, estão previstos dois eventos teste. Um no dia 18 de maio, na final do Campeonato Candango, e outro em 25 de maio, na primeira rodada do Brasileirão, com o confronto entre Santos x Flamengo.

Acordo com o PNUD
Um acordo de cooperação técnica internacional entre o GDF e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) possibilitará o fornecimento de estruturas temporárias para o Estádio Nacional durante a Copa das Confederações FIFA 2013, em junho de 2013, e o mundial de 2014. O contrato é de R$ 34 milhões e ocorre de forma semelhante ao convênio celebrado com o governo federal para a realização da Rio+20, quando o PNUD forneceu estruturas temporárias para a conferência internacional.

De acordo com nota divulgada pelo PNUD, o órgão lançará avisos de licitações públicas e de seleções de consultorias para a contratação de serviços de engenharia, aquisições de bens e serviços e seleções de profissionais em áreas como tecnologia da informação, serviços gerais, contêineres, instalações e mobiliário para postos médicos, cercamento, aquisição e locação de mobiliário em geral, aparelhos de raio-x, instalações para cozinhas temporárias, entre outras.
Fachada do Estádio Nacional de Brasília Mané Garricha, em março de 2013
Fachada do Estádio Nacional de Brasília Mané Garricha. Foto: Glauber Queiroz/Portal da Copa
Um dos editais já divulgados pelo PNUD prevê a prestação dos serviços de locação, instalação, teste, operação, manutenção e desmontagem de aparelhos de raios-X para malas e bagagens, scanners de pessoas (magnetômetro) e scanners portáteis para a Copa das Confederações. As propostas para essa licitação podem ser entregues até 27 de março.

O PNUD também publicou solicitação de cotação para adquirir 66 armários para os vestiários de jogadores, técnicos e árbitros para o estádio. O critério para a escolha do fornecedor será o de menor preço global. O documento determina que os móveis deverão ser entregues montados até 15 de abril. O GDF explicou que esses armários também são considerados estruturas temporárias. Eles serão usados nas competições internacionais e depois serão retirados.

Ainda segundo o GDF, a parceria com o PNUD resultará em economia de aproximadamente R$ 15 milhões em relação aos valores estimados por outras cidades-sede para serviços similares.
Com informações do Portal da Copa/ME.

Categorias: Copa do Mundo, Destaque


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.