Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

sábado, 14 de janeiro de 2012

A Sonda russa Phobos-Grunt cairá domingo no litoral do Chile

|

A Roscosmos – Agência Espacial Russa anunciou neste sábado (14/01) que os fragmentos da sonda Phobos-Grunt cairão no litoral do Chile neste domingo (15/01). O horário mais provável da queda será às 15h51 (horário de Brasília). Phobos-Grunt  custou  170 milhões de dólares e tinha como missão chegar à Fobos, uma das luas de Marte, recolher amostras de solo e depois retornar à Terra. Esse material seria estudado por cientistas para tentarem explicar a origem dos demais satélites naturais que orbitam ao redor dos planetas, como a nossa lua.
Sonda Phobos-Grunt deveria chegar à Marte
Sonda Phobos-Grunt na órbita de Marte e ao fundo a lua Fobos - Concepção artística: Roscosmos
Lançada no dia 09 de novembro em Baikonur (Cazaquistão), a Phobos-Grunt deveria seguir para Marte, mas por uma falha ainda não esclarecida se manteve na órbita terrestre. Seu lançamento devia marcar o início de uma missão de 34 meses que incluía o vôo à lua marciana Fobos, a aterrissagem em sua superfície e o retorno à Terra com uma cápsula com 200 gramas de mostras do solo do satélite. A estação interplanetária Fobos-Grunt não apresenta sinais de estar em operação, sendo considerada definitivamente perdida (Wikipédia).

Falha da missão
No dia 12 de janeiro a Roscosmos divulgou que a missão da Sonda Phobos-Grunt falhou e supôs conspiração estrangeira para explicar o fracasso. Após o lançamento os motores da sonda não ligaram, com isso, a sonda ficou na órbita terrestre, devido a força gravitacional do planeta e sem motores a Phobos-Grunt iniciou um trajetória de queda livre.

Local da queda
Concepção: io9.com
Pesando mais de 13 toneladas, a sonda Phobos-Grunt cairá no Oceano Pacífico, próximo ao litoral do Chile, ela está com seus tanques cheios de hidrazina, combustível muito tóxico, no entanto, acredita-se que esse combustível será totalmente queimado na reentrada ao planeta.

Ela carrega também uma pequena quantidade de combalto-57, isótopo radioativo. Devido ao enorme calor devido ao atrito do ar na reentrada à Terra, a Phobos-Grunt será espedaçada e vários pedaços, que segundo a Agência Espacial Russa - Roscosmos cairão no litoral chileno.

Categorias: Tecnologia


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.