Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

domingo, 12 de junho de 2011

Rodoviários aceitam acordo e não terá mais greve de ônibus em Brasília prevista para esta segunda-feira

|

Os rodoviários aceitaram durante assembleia realizada no estacionamento do Conic,  proposta de 8% de reajuste nos salários, na cesta básica e no ticket refeição feita pelas empresas de ônibus, com isso, o Sindicato dos Rodoviários do Distrito Federal garante que a greve marcada para esta segunda-feira não acontecerá e os ônibus circularão normalmente.

Durante a assembleia deste domingo, os rodoviários aprovaram a proposta dos empresários que lhes ofereceram 8% de aumento no salário, mais R$ 150 no plano de saúde e também plano odontológico de R$ 15, além disso, as meias viagens serão pagas como hora extra. O acordo ainda prevê mais 3% de aumento acima da inflação no salário em maio de 2012, esse acordo tem validade de dois anos.

Os empresários queriam o aumento da passagem para os usuários, porém o governados Agnelo Queiroz interveio e afirmou que não haveria aumento. Segundo Marco Antônio Campanella, diretor do DFTrans – Transporte Urbano do Distrito Federal, que alguns setores queriam usar o sindicado dos rodoviários como massa de manobra para aumentar as tarifas e que a chantagem e pressão não foi aceita pelo GDF. O sindicato dos rodoviários disse que nunca viram os empresários tão acuadas diante da postura firme do governo do Distrito Federal.

O acordo ainda prevê subsídios do governo aos empresários, dentre eles o pagamento de dois terços do passe estudantil e também o governo arcará com o pagamento das passagens dos deficientes físicos que passam pelas catracas dos ônibus, valor estimado é de R$ 7 milhões.
Serão realizadas licitações para novas linhas e empresas operarem no sistema de transporte público e criação de leis que regulamente os serviços, bem como fiscalização e controle da atividade. Outra exigência do GDF é a entrega ao governo da empresa FÁCIL, alvo de muita reclamação por parte dos usuários de transporte público, principalmente dos estudantes que precisam de passe livre.

Os rodoviários ressaltaram que não haverá paralisação relâmpago e que os ônibus vão circular normalmente a partir desta segunda-feira (13/06).

Categorias: Obras


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.