Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

domingo, 26 de junho de 2011

Ministro afirma que os dirigentes da FIFA vão se surpreender com a situação dos estádios e dos aeroportos quando visitarem o Brasil

|

Foto do ministro dos esportes, Orlando Silva
Foto IG   
O Ministro dos Esportes, Orlando Silva, respondeu hoje (26/06) as críticas da Federação Internacional de Futebol (Fifa) à preparação do Brasil para a Copa do Mundo de 2014. Segundo ele, os dirigentes da entidade vão se surpreender com a situação dos estádios e dos aeroportos do país quando visitarem o Brasil. “Eles estão observando [a preparação] de muito longe”, disse o ministro, após inaugurar um juizado especial para torcedores no Estádio do Pacaembu, na capital paulista. “Quando eles chegarem ao Brasil, vão ver que houve uma evolução maior do que imaginavam.”

Na semana passada, o secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, disse que a Rússia, que sediará a Copa em 2018, está mais adiantada que o Brasil para o Mundial. Disse também que os brasileiros estão mais preocupados em ganhar o Mundial do que em organizá-lo.
Para o ministro, os problemas que o Brasil precisa solucionar até a Copa são conhecidos e estão sendo resolvidos. Um deles é a falta de um estádio apto para sediar jogos do Mundial na cidade de São Paulo.

Sobre isso, o ministro disse esperar que a Câmara de Vereadores aprove um projeto de lei que concede incentivos de R$ 420 milhões à obra. De acordo com o ministro, com isso, São Paulo poderá construir um estádio adequado para a abertura do Mundial.
“Estou convencido de que na próxima semana a Câmara Municipal deve aprovar os incentivos para o estádio de São Paulo, até porque é a forma que a cidade tem de contribuir para viabilizar esse empreendimento que é importante para o município”, falou. “A prefeitura fez a sua parte. Nós esperamos que a Câmara dê sua contribuição”, completou.

Categorias: Política


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.