Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Nativa FM 104.1 Brasília é acusada pelo MPDFT de criar falsas promoções e ganhadores fictícios

|

O senador Gim Argello (PTB-DF) é acusado de desviar recursos públicos através de emendas individuais em favor da Rádio Nativa Fm 104,1 de Brasília, entidade privada controlada até o dia 03 de dezembro de 2010 por Jorge Afonso Argello Junior, de 19 anos, filho do senador. Segundo denúncias do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios – MPDFT os recursos desviados para a Nativa FM chegam a R$ 550 mil. A emissora é arrendada em nome de Antônio José Pereira Garcia, conhecido em Brasília como Toninho Pop, porém, quem administrava era a AMJ Ltda, que tinha como principal sócio o filho do senador Gim Argello. Solano Reis, diretor da Nativa FM Brasília afirma que Toninho Pop não tem ligação com o senador.
Segundo o MPDFT a Nativa FM Brasília era beneficiada por um suposto favorecimento em publicidade do Governo Federal e do GDF, no período em que Jorge Afonso Argello Júnior fazia parte da sociedade que administrava a rádio, foram mais de R$ 500 mil recebidos do Governo Federal em um único contrato de publicidade e mais R$ 100 mil do GDF ao longo de 2010. O dinheiro advindo de publicidade do Governo Federal chegava através do Instituto Recriar, uma organização social que recebeu recursos públicos por indicação do senador Gim Argello.

As denúncias não param por aí, de acordo com o Correio Braziliense e o site do Jornal O Globo, a Nativa FM de Brasília é acusada de criar falsas promoções e entregar dinheiro e objetos de valor a ganhadores fictícios. Ainda segundo  o site do O Globo a rádio é um dos negócios do senador Gim Argello e que na verdade ele comandava a emissora por meio de seu filho.

O diretor da Nativa FM Brasília, Solano Reis, disse ao Correio Braziliense que os sorteios  e promoções feitas pela rádio não têm auditoria, mas apresenta uma relação de ganhadores e também entrevistas dos mesmos. Ele disse ainda que todos os prêmios distribuídos pela Nativa FM são entregues aos ganhadores e que tem como comprovar isso.
Já a Assessoria do senador Gim Argello afirma que o senador nunca teve qualquer ligação com a Nativa FM 104,1 e nega qualquer repasse de verbas públicas do GDF a emissora.  Gim Argello, afirmou que as emendas que ele fez foram destinadas a organizações idôneas.

Categorias: Rádio


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.