Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Fábrica da Bonduelle no Brasil será inaugurada dia 26 de outubro

|

A primeira fábrica na América Latina do grupo alimentício francês Bonduelle será inaugurada na próxima terça-feira (26/10), em Cristalina, município goiano a cerca de 130km de Brasília. A chegada da empresa reconhecida como a maior em comercialização e produção de legumes do mundo atrai investimentos à região e chama a atenção de outros executivos estrangeiros. Indústrias automobilísticas e de bicicletas também já demonstraram interesse em se instalar na cidade. O novo cenário deve acelerar o projeto de construção do aeroporto de Cristalina, anunciado há mais de dois anos.


Em agosto deste ano, o Correio Braziliense mostrou como um dos municípios da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride) mudou de cara. Por mais de um século, a mineração garantiu a sobrevivência dos moradores de Cristalina. Aos poucos, a tradição foi perdendo espaço para a agricultura, a atual referência da cidade, erguida 94 anos atrás sobre a maior jazida de cristal de rocha do mundo. O mercado de pedras preciosas está cada vez mais retraído. No lugar dele, ganham força a produção de cebola, batata, milho doce para conserva, ervilha, cenoura, beterraba, pimentão e grãos diversos.

As negociações da Bonduelle para construir em Cristalina começaram em 2008. Mas há pelo menos 10 anos o grupo procura um lugar na América Latina. O Chile foi um dos países visitados pelos executivos da empresa. Em setembro do ano passado, o projeto da fábrica no interior de Goiás foi apresentado. Três meses depois, surgiu o contrato da desapropriação de uma área de 65 hectares no distrito de Campos Lindos, um dos terrenos mais férteis e irrigados de Cristalina. Além de ceder o espaço, a prefeitura da cidade e o estado de Goiás autorizaram financiamento do ICMS por 15 anos, a juros de 2,4% ao ano.

Com a adoção de novos padrões produtivos nas áreas industrial e agrícola, a fábrica da Bonduelle vai ajudar a consolidar a produção de vegetais de excelência no Entorno de Brasília. A unidade terá capacidade para produzir até 50 mil toneladas de ervilhas frescas e milho doce a vácuo ao ano. Segundo o prefeito de Cristalina, Luiz Carlos Attié, serão criados, no primeiro ano, 600 empregos diretos e cerca de 3 mil indiretos. “A expectativa é que a fábrica atraía investimentos para outros segmentos, como a indústria de embalagem e distribuição”, diz o prefeito. Ele conta que, no último ano, a agroindústria ajudou a criar 10 mil empregos na região.

Cristalina vem sendo considerada um fenômeno da agricultura no Brasil. O município possui 700 pivôs de irrigação, o que faz dele a maior área irrigada da América Latina e permite a produção agrícola durante todo o ano. Na próxima terça-feira, durante a inauguração, a Bonduelle deve apresentar as primeiras embalagens de ervilhas produzidas na região. Inicialmente, o foco da empresa será o mercado nacional, mas as instalações serão usadas para exportar produtos para todo o continente. Técnicos brasileiros já passaram por treinamento na Europa, para, em solo goiano, repetir o sucesso das técnicas francesas.

Os produtos do Grupo Bonduelle, uma sociedade familiar criada em 1853, estão presentes em mais de 80 países. A empresa chegou ao Brasil em 1994, quando um escritório foi instalado em São Paulo para acompanhar o trabalho de distribuidores franceses no país. Até então, os legumes da Bonduelle eram importados da Europa, o que elevava os custos ao consumidor final. O total de investimentos da empresa em Cristalina, divididos em várias etapas, pode ultrapassar os R$ 120 milhões. Com a fábrica no Brasil, a empresa poderá oferecer produtos a preços mais competitivos.

Categorias: industria


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.