Últimas Notícias

Notícias do Rádio

Telefonia

Nº de visualização do site

Pessoas Online

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Tarifa de ônibus do Distrito Federal pode ser reajustada

|

A tarifa da passagem de ônibus no Distrito Federal que já é a mais cara do Brasil pode ser reajustada nos próximos dias. Segundo os empresários do transporte coletivo, desde 2005 as tarifas não são reajustadas e nesse intervalo de tempo os custos para manter o sistema funcionando só vem aumentando. Recentemente os rodoviários do Distrito Federal fizeram uma greve geral. Eles conseguiram um aumento salarial de 9% e para agravar a situação foi aprovada uma alteração no Passe Livre, onde os custos com o subsídio aos estudantes foram transferidos do governo para o sistema de transporte público ou seja, para o passageiro.

Os empresários do transporte coletivo propôs ao governo um aumento na ordem de 42,5% nas tarifas, como estamos em ano eleitoral, o Governo do Distrito Federal – GDF antes de conceder qualquer aumento decidiu realizar uma auditoria nas contas das empresas de ônibus e deverá dá ou não o sinal verde par ao aumento somente no dia 24 de julho. O preço da tarifa de ônibus no Distrito Federal é de R$ 3,00 nas linhas que ligam as regiões administrativas (ex cidades satélites) mais distantes ao Plano Piloto e de R$ 2,00 dentro do Plano Piloto e regiões mais próximas. Se o percentual de aumento seguir o proposto pelos empresários, a tarifa mais cara será em torno de R$ 4,20 já a passagem mais utilizada pelos moradores do Plano Piloto passaria para R$ 2,80.
Os passageiros que utilizam o transporte público no Distrito Federal convivem diariamente com ônibus velhos, desconfortáveis e que estão sempre lotados, além de quebrarem constantemente, já tem a tarifa mais cara do Brasil e agora vem mais aumento por aí, só pode ser uma piada de mau gosto. O engraçado é que os donos das empresas de ônibus alegam prejuízo, como assim prejuízo? Eles cobram uma tarifa exorbitante, colocam poucos ônibus nas linhas (sempre lotados de passageiros), pagam mal seus funcionários e oferecem um péssimo serviço a população.

Categorias: Atualidades


Comente com sua conta do Facebook


Postar um comentário

Antes de comentar leia nossa Política de Comentários

Atenção: Os comentários não refletem as opiniões do editor e nem do Site.